As 3 coisas que precisas de largar para avançares no teu caminho

A 3ª coisa que precisas de largar para avançares no teu caminho

Percebe o que te prende e impede de avançar

Olá! Deixa-me dar-te os parabéns por chegares até aqui!

Estás prestes a descobrir a 3ª coisa que te impede de avançares no teu caminho. Lê até ao final e começa hoje a implementar a transformação mais importante da tua vida!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Reproduzir vídeo

Como vimos anteriormente, existem duas coisas que precisamos de largar e que pesam muito quando queremos fazer o nosso caminho, e que carregamos invisivelmente dentro de nós: falo-te da frustração e da culpa.

Mas existe uma 3ª que pode ter um peso maior que as outras duas juntas…

Como já sabes, das três empresas que abri quando decidi fazer o meu caminho e me tornei empreendedor, duas faliram e uma sobreviveu.

A empresa que sobreviveu tinha como base o coaching, uma das minhas grandes paixões. Para que os serviços da minha empresa vingassem, precisava de ser proativo e apresentar esses serviços a empresas e particulares. Até aqui tudo bem, não fosse a gradual tomada de consciência de que o coaching que fazia e as formações que entregava, começavam a ser bem diferentes das formações e do coaching que os colegas que trabalhavam comigo entregavam.

Lembro-me das reuniões dentro da minha própria empresa, onde eu e o meu sócio falávamos cada vez mais de coisas diferentes, originando caminhos bem diferentes, chegando a um ponto em que me sentia cansado de toda aquela situação e o barómetro que apontava tudo isto era o meu estado de infelicidade e a constante falta de resultados. Sim, é verdade: toda a equipa apresentava resultados positivos, menos eu, e isso levava-me a perguntar:

“Porque é que eles conseguem apresentar propostas a empresas e adjudicar essas propostas e eu não?

Porque é que as pessoas se inscrevem nos seus cursos e não nos meus?

Porque é que eles conseguem ganhar dinheiro e eu não?

Porque é que as coisas fluem para eles e para mim não?

Porque é que eles estão felizes com aquilo que fazem e eu não?”

Facto é que me sentia incompreendido, inadequado e desajustado dentro do meu próprio projeto e da minha própria empresa. Devido a isto comecei a partilhar cada vez menos com toda a equipa e simultaneamente a desejar ser aceite por eles. Era uma sensação estranha, o que me levou a isolar-me, sentindo-me cada vez mais sozinho e sentindo-me cada vez mais perdido dentro da minha própria empresa. E isto aconteceu por vários motivos.

Um dos motivos era sentir que não me encaixava na forma de pensar e fazer as coisas que os outros faziam. Desde que nascemos e enquanto seres humanos tentamo-nos encaixar num determinado grupo. Precisamos desta ligação e desta conexão com os outros.

DESEJAMOS que os outros compreendam aquilo que pensamos, dizemos e fazemos e queremos fazê-lo também com os outros. Queremos que os outros nos entendam e queremos entender os outros. Desejamos que exista espaço de debate para as nossas ideias dentro do grupo. Desejamos construir coisas em conjunto e partilhar pensamentos e sentimentos.

Queremos ser suportados e saudavelmente desafiados nos nossos ideais e projetos. Desejamos partilhar da mesma visão. Desejamos celebrar as nossas conquistas e partilhar os nossos sucessos com quem nos entende. Desejamos pessoas ao nosso lado que nos acompanhem no nosso caminho e com quem possamos falar a mesma linguagem.

Seja numa empresa, numa família ou num grupo de amigos.

Desejamos ardentemente pertencer a um grupo onde visceralmente nos sintamos ligados, conectados, apoiados e onde desejamos e nos sentimos desejados.

E enquanto empreendedor aquilo que percebi e que mais me doeu, era que não fazia parte de um grupo assim. E o medo apareceu.

O medo de não conseguir. Outra vez.

O medo de desiludir. Outra vez.

O medo da falhar. Outra vez.

De 8 a 10 e 15 a 17 de novembro de 2019 vive a experiência que te vai libertar dos problemas, medos, dúvidas e inseguranças. Ganha clareza sobre o caminho a seguir no Retiro A Transformação com Mário Caetano. Clica na imagem para saber mais.

Com o medo à for da pele, para que fosse aceite por eles e não perder o pouco que me restava, comecei a comparar-me. E quando começamos a comparar-nos com aquilo que os outros fazem, com aquilo que os outros conseguem, com aquilo que os outros ganham e com aquilo que os outros têm, começa a crescer em nós um sentimento de injustiça, começando a achar que aquilo que fazemos, aquilo que temos e aquilo que somos não é suficientemente bom.

INICIAMOS UM CAMINHO que não é o nosso: iniciamos o caminho para provar aos outros algo que nos falta. Iniciamos um caminho que não nos pertence, um caminho sem sentido, aumentando inconscientemente a frustração, sentindo-nos cada vez mais e mais culpados, correndo atrás daquilo que não é nosso e criando um vazio interior que nada nem ninguém conseguirá preencher.

Tentamos SER quem não somos. E isso acontece quando abrimos a porta ao medo e percorremos um caminho que não é o nosso. O caminho do medo.

Desta forma começamos a perder a paixão e o entusiasmo pelas coisas, pelas pessoas, pelas ideias e pelos projetos, começando a fazer as coisas por obrigação. Quando começamos a fazer as coisas por obrigação perdemos a vontade, perdemos o compromisso, perdemos o brilho e perdemo-nos no caminho.

Duvidamos do nosso valor e começamos a perder confiança em nós. Duvidamos das nossas ideias, e começamos a acreditar que não somos criativos. Duvidamos da nossa utilidade, e começamos a acreditar que não conseguimos fazer a diferença na vida dos outros. Duvidamos da nossa essência e começamos a esquecer-nos de nós.

O MEDO LEVA AS NOSSAS FORÇAS e afasta-nos da nossa essência. Afasta-nos de quem nós somos…

Mas não tem de continuar a ser assim. Se quiseres, não vai continuar a ser assim. Porque se eu consegui encontrar o meu caminho e largar a frustração, a culpa e o medo, tu também podes conseguir. Tal como a Sandra conseguiu. Vê aqui a história dela.

Era ESTE MEDO que a impedia de
avançar no seu caminho

É verdade, o MEDO é a 3ª coisa a largar para avançarmos no nosso caminho. E é muito importante fazê-lo.

Porque quando LARGAMOS o peso destas 3 coisas: frustração, culpa e medo, GANHAMOS um nível de CLAREZA incrível. E com clareza no nosso caminho, trocamos a frustração por PAZ de espírito, trocamos a culpa por LIBERDADE e trocamos o medo por CONFIANÇA.

É como se nos sentíssemos perdidos no meio da escuridão e de repente descobrimos que temos uma lanterna. Clicamos no botão e IMEDIATAMENTE trazemos luz para o nosso caminho.

Consegues ver a importância disto?

Consegues ver-te a carregar no botão e a acender a tua lanterna? A lanterna que iluminará o teu caminho?

Excelente.

 

Foi com a intenção de ajudar pessoas a acenderem a sua lanterna, a largarem o que não lhes serve mais e a encontrarem o seu caminho, que criei há vários anos o retiro A TRANSFORMAÇÃO.

E tem ajudado tantas e tantas pessoas a alcançarem tudo isto:

1 – A libertarem-se da culpa, do medo e da ansiedade que tiram a sua paz interior.

2 – A perceberem o que está a bloquear a sua realização e felicidade.

3 – A perceberem e a mudarem padrões de pensamento que as impedem de serem felizes.

4 – A saberem como terem uma relação verdadeira, com amor, compreensão e cumplicidade.

5 – A deixarem de ter a sensação de que o que dão nunca é suficiente, a largarem o sentimento de que estão sempre a falhar e deixarem de se sentirem presas.

6 – A deixarem de se sentirem perdidas, sem força e sem motivação para continuarem.

7 – E a largarem a frustração, o cansaço, o peso, a dúvida e a insegurança e ganharem confiança para avançarem no seu caminho.

 

Durante O RETIRO as pessoas sentem tudo isto:

Chegou o momento de sentires tudo isto na tua vida?

Chegou o momento de fazeres o teu caminho?

Chegou o momento de avançar?

Excelente. Então vou dizer-te agora tudo o que precisas de saber acerca do retiro.

Mário Caetano
Coach, autor e palestrante inspirador

© 2019 MÁRIO CAETANO | Feito por ELEVATE

50%

Olá! aqui é o Mário caetano,

preparado para desbloqueares aquilo que te prende e ganhares coragem para avançares no teu caminho com a ajuda do Mário Caetano nesta experiência de 6 dias? Faz o teu registo.

Preparado para desbloqueares aquilo que te prende e ganhares coragem para avançares no teu caminho com a ajuda do Mário Caetano nesta experiência de 6 dias? Faz o teu registo.

Olá!
aqui é o Mário caetano,

preparado para desbloqueares aquilo que te prende e ganhares coragem para avançares no teu caminho com a minha ajuda nesta experiência de 6 dias? Faz o teu registo.