Hoje no nosso blog, na nossa vida damos voz a uma pessoa maravilhosa que tivemos a “sorte” que esta cruzasse o caminho da nossa empresa.       
 
untitled-design-8
 
M.C. Qual foi a razão pela qual nos procuraste? 
 
O.S. Um amigo pressionou-me um pouco e eu cedi. Nada acontece por acaso, hoje sei. Provavelmente se já tivesse feito a viagem de transparência ao fundo de mim, poderia ter sido eu a procurar-vos e nessa minha procura teria então muitas razões, como por exemplo: ultrapassar a timidez, resolver situações passadas que me toldavam as emoções; fundamentalmente – encontrar-me. 
 
M.C. Como decorreu o processo, o que pensaste, o que sentiste, o que fizeste, como te sentiste alinhada. 
 
O.S. O processo, os vários processos, foram dos momentos mais marcantes de toda a minha vida. De forma inexplicável, voltei a encontrar-me, a acreditar que podia ser ainda mais feliz. Principalmente, e é esta a parte mais importante que me aconteceu nos eventos do Mário Caetano: libertei-me de sentimentos de culpa alheia (que tomava como minha) e voltei a acreditar que era merecedora, que também tinha direito às coisas boas da vida. Isso tudo fez-me acreditar no meu talento, fez-me acreditar, substancialmente que havia uma pessoa muito melhor dentro de mim, que tinha acabado de ser resgatada. A minha gratidão a esta equipa é, por todas estas razões: infinita e eterna.
 
M.C. Quais foram os resultados que obtiveste ?
 
O.S. Os resultados foram imediatos, tornei-me uma pessoa mais segura, mais feliz, menos tímida, ciente de que merecia ser feliz. Avancei com o meu sonho e aceitei o meu talento: escrever poesia; tomei a iniciativa e enviei os meus trabalhos para uma editora, a Lua de Marfim. Assim nasceu o meu primeiro livro. Hoje, continuo a viver no meu talento, continuando a trabalhar na minha actividade principal, mas ocupando os meus tempos livres naquilo que verdadeiramente me realiza. Acabei de editar o meu segundo livro e a escrita é algo que nunca abandonarei, porque é o meu centro; é o mundo onde me sinto feliz. Foi sempre assim. Só que antes: não sabia!
 
Olívia Santos, 51 anos, Solicitadora, Jurista e Poetisa. 
 
 
Lembra-te cada um de nós tem um Talento. Tem uma missão. 
 
Equipa Mário Caetano
 
 

Pin It on Pinterest

Share This