Tinha apenas 7 anos quando começou a escrever e desde essa idade que mantinha um diário onde colocava todos os seus pensamentos e formas diferentes de sentir. Mais tarde no colégio começou a participar em concursos de poesia e em peças de teatro, na adolescência começou a dizer aos seus pais que queria ser escritor, que queria seguir o mundo das artes, mas os seus pais não concordavam, o seu pai e a sua mãe queriam que ele fosse Engenheiro, para ter uma maior estabilidade e certeza financeira.
untitled-design-12
Continuou com a sua paixão que era cada vez mais forte, as discussões com os pais aumentavam, tal como a raiva dentro dele, intensificou de tal forma que os pais resolveram interná – lo numa clínica para ele tirar da ideia ser escritor, foi para uma clínica onde levou com choques eléctricos para esquecer o seu Talento.
Mesmo assim prosseguiu a sua paixão e a sua viagem espiritual, em 1988 Paulo Coelho editou o livro que se tornou um dos livros mais vendidos de sempre – O Alquimista.
Paulo Coelho continuou a acreditar na sua paixão independentemente do que aconteceu, independentemente da sua família querer outro caminho para ele.

Por vezes precisamos ajuda para reconhecermos qual é o nosso talento, ou qual a nossa missão. Estamos sempre aqui prontos para ajudar pessoas a descobrirem as suas paixões e talentos!

Para estares connosco envia email para [email protected] ou contacta 968 410 565.

Tem um dia inspirador!
Equipa Mário Caetano

Pin It on Pinterest

Share This