Com a chegada de um novo ano, temos a tendência para refletir sobre a nossa vida e sobre o que precisamos para sermos mais felizes. É chegada a altura das resoluções para um novo ano. É chegado o momento de se criarem novos objetivos ou então repetir os mesmos não alcançados no ano anterior.

Existem milhares de formas para se definirem objetivos grandiosos. As pessoas adoram fazê-lo uma vez por ano, mas raramente param para perceberem porque na maior parte das vezes não conseguem alcançar as resoluções que mais ambicionam. E não o conseguem fazer porque existe algo maior que as bloqueia de forma invisível. Falo-te dos 5 bloqueadores que impedem as resoluções de se concretizarem e vou torná-los visíveis para ti.

 

1º Bloqueador: A opinião dos outros

Muitas vezes, a opinião que os outros têm acerca das nossas resoluções em perder peso, ganhar mais dinheiro, começar a meditar, fazer uma viagem de sonho ou encontrar um emprego que nos preencha, torna-se altamente bloqueador. Deixamos que a critica e o feedback dos outros influencie a nossa forma de pensar e de sentir.

Este ano ganha coragem em avançares em direção aquilo que sentes ser mais importante para ti, independentemente da opinião dos outros.

 

2º Bloqueador: O medo de não conseguirmos

O medo de não sermos capazes de atingir aquilo a que nos propomos pode tornar-se uma barreira invisível intransponível. Mas não é o único medo que nos pode bloquear. O medo de conseguirmos atingir o sucesso que pretendemos e das pessoas que mais gostamos nos começarem a apontar o dedo por agora ganharmos mais dinheiro ou termos o corpo ideal ou termos uma vida fabulosa, é também uma barreira invisível que nos separa de tudo aquilo a que temos direito.

Este ano enfrenta os teus medos em vez de paralisares, fugires ou te submeteres. Enfrenta os teus medos com valentia.

 

3º Bloqueador: a aceitação do razoável

O grande inimigo da excelência é a razoabilidade. Quando pensamos de forma razoável, acabamos por aceitar uma vida razoável, ganhando um salário razoável, amando de forma razoável, acomodando-nos a relações razoáveis, tendo conversas razoáveis com pessoas razoáveis. A aceitação do razoável é uma estrada aberta para a mediocridade.

Este ano torna-te irrazoável e supera-te. Arrisca. Arrisca-te a ganhar. Arrisca-te a ganhar-TE.

 

4º Bloqueador: o multifoco

A enorme quantidade de resoluções que fazemos, afasta-nos velozmente da possibilidade de as concretizarmos. Está provado cientificamente que atualmente, a capacidade de foco é mais importante que o quoeficiente de inteligência cognitiva.

Este ano foca-te numa resolução e sê consistente. A excelência advém da consistência, do foco, da disciplina e da prática. A excelência consegue-se pensando em grande e fazendo pequenas coisas acontecerem. Diariamente.

 

5º bloqueador: a ausência de propósito

São muitas as pessoas que definem objetivos e criam resoluções que na verdade não querem para si. Sim, leste bem – não querem para si. A necessidade de obtermos sucesso ocidentalizou-se numa sociedade de consumo desenfreado, levando-nos a querermos mais, a precisarmos de mais, para termos mais e mais coisas que na verdade não sabemos se verdadeiramente queremos.

 

Quando definimos resoluções no inicio de cada ano, temos consciência que precisamos de entrar em ação para as alcançarmos. Grande parte das vezes, fazemos tudo para alcançar aquilo que definimos, sentindo-nos cansados, frustrados e consequentemente esgotados. Apenas porque aquilo que definimos não é verdadeiro e não está alinhado com o nosso sentir e com a nossa essência. Desta forma entramos no modo ação sem sentido, levando a auto sabotar-nos e a não atingir aquilo que mais queremos, pois o que mais queremos, não o queremos verdadeiramente.

 

Este ano define aquilo que mais queres alinhado com o teu sentir e não com aquilo que os outros querem para ti. Este ano encontra um propósito maior para alcançares aquilo que queres. Este ano encontra sentido em tudo aquilo que fazes.

 

Se estas palavras fizeram sentido para ti, junta-te a mim neste evento único de força, coragem e inspiração no Coliseu dos Recreios em Lisboa, para perceberes as estratégias chave para desbloquear o teu caminho este ano, e sentires ao vivo a energia de milhares de pessoas comprometidas com as resoluções deste ano. Clica AQUI.

 

Desejo-te um ano de preenchimento. Desejo-te um ano inspirador.

 

Mário Caetano

Coach e palestrante inspirador

 

Gostaste deste artigo? Aqui seguem mais algumas sugestões:

Share This